quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

HISTÓRIA DA VILA ELVIO


Cada Bairro teve a sua formação com famílias,mais a Vila Elvio teve  a sua formação diferenciada,sendo uma colonização criada por um empresário,preocupado com seus patrícios Italianos que deixaram seu pais para emigrar em vários paises.
Luigi Liscio que morava na cidade Araraquara,veio fazer uma visita em Piedade,e já encontrou vários Italianos morando e trabalhando em nossa cidade eram as famílias Cróccia,Andréia,DeFavari,Tardelli,Bianchine e Maimone. Luigi visitou vários Bairros,mais foi no Bairro do Sarapui que chamou mais sua atenção,por haver muitas madeiras diversificadas e muita água.
No dia 08 de novembro de 1.933,Luigi Liscio comprou da família Godinho,2.221,191 hectares de terras,sendo todas tomadas de verdadeiro sertão (mata nativa ).Seu verdadeiro interesse pelas terras era para criar a Colônia Italiana na Fazenda do Bairro do Sarapui.
Na colonização da Fazenda,Luigi que havia separado da primeira esposa Catharina Montoro,já estava casado com a 2ª esposa Ida Boschetti,tendo os filhos,Lada,Fidia,Govido e Elvio.
DIVISA DAS TERRAS
As terras foram demarcadas a partir do espigão divisor das águas da bacia do Ribeirão do Sarapui,localizado na serra do Paranapiacaba e do Rio do Peixe,sendo essas águas promissoras na geração de energia elétrica.
Nesta região de verdadeiro sertão,encontrava as principais madeiras de interesse para o funcionamento da industria e também na organização agrícola a ser implantada pelos seus patrícios colonos que chegavam na Fazenda Italiana



INDUSTRIA
Em 1.936,uma pequena serraria tocada por Roda Dágua,iniciava a fabricação de Cadeiras Anatômicas.Luigi que já havia se empenhado na formação da Colônia Italiana e pautou-se pelas exigências técnicas,tendo seu corpo diretivo com pessoas especializadas,para construir uma grande Fazenda,tendo a seu lado Fillippo Lancieri,Cruciani,Mario Suriani,Elio Hermano Ruzzi que era engenheiro elaborou o projeto da usina,sendo ele Italiano o projeto teve que ser assinado por engenheiro Brasileiro.
Mario Suriani,teve grandes importância na construção da usina hidroelétrica e de levar uma linha telefônica para a Vila Elvio.Mario era extremamente inteligente,formado em agrimensura na Escola Agrícola de Pescara ( Italia ) tinha um conhecimento vasto para discutir assuntos sobre medicina,historia mundial,mitologia,geografia,era familiarizado com grego e o latim,apreciava musicas clássicas e tocava vários instrumentos.
Em 1.939, a  usina hidroelétrica era acionada para energia elétrica da Industria de Cama Patente,e as casas dos funcionários da empresa.Esta usina foi construída aproveitando a queda do rio do Peixe,localizado a 13 km do centro da Vila.Esta usina tem alternador que produz até 500 kw de energia,sendo que sua capacidade pode dobrar,sendo que atualmente seu consumo não chega a ser usado em 50% do que é produzido. Ainda neste ano foi instalada uma máquina a vapor que era alimentada com restos de madeiras da serraria da própria industria.
As camas de madeiras que eram monumentais em trabalho de marcenarias elevando o alto custo,sendo restrito aos que tinham o menor poder aquisitivo
Em 1.942, o Projeto que foi reconhecidamente desenvolvido pelo espanhol Celso Martinez Carrera,foi patenteado por Luigi Liscio. A nominação da Industria Cama Patente L.Liscio S/A,tornou-se a pioneira no Brasil.A fabricação em larga escala de um tipo de cama que reunisse todos quesitos,cujo preço estivesse ao alcance de todas as camadas  sociais. A marca Patente,foi reconhecida em todo Brasil,porque essas camas eram vendidas para o Exército Brasileiro,rede Hospitalares e grandes Distribuidoras e lojas,chegando a produzir trinta e cinco mil camas por mês.
Em São Paulo,Rio de Janeiro,Bahia em outros Estados eram recomendados a Cama Patente.Na época não havia colchão de mola e geralmente o colchão era de capim.A “Cama Patente” era a única que fabricava a cama com molas fixas.
A matriz da Industria foi instalada em São Paulo,chegando a ter 700 funcionários e na “Patente” 200 operários.
A Empresa teve 80 caminhões para Distribuir móveis e os produtos agrícolas que eram produzidos na Patente.
Toda infra estrutura que uma cidade precisa,existia na Patente,alem da casas para os operários foi construindo prédios para Clube,Cinema,Hotel,Restaurante,Escola,Igreja Católica,Farmácia,Açougue,Padaria ,Armazém e Praça com Fonte de Água e Iluminada e Campo de Futebol.
Todo trabalho no desenvolvimento estava na extensão da linha de telefone e melhoria na estrada que ligava a Vila para a cidade de Piedade.
Também  existia o Tanque para nadar e  tinha Trampolim para os que sabiam saltar.
O Diretor pela administração era Mario Suriani,seguido de Govido Liscio,filho de Luigi Liscio.

ELVIO
Em 1.944 no dia 11 de agosto,Luigi Liscio recebe o Titulo de Cidadão Brasileiro e passa a ser conhecido por Luis Liscio.
Neste mesmo ano falece seu filho mais jovem Elvio Liscio com apenas 17 anos de idade.Foi em Homenagem ao filho,que Luis Liscio deu o nome de Vila Elvio,sendo que perpetuara para a eternidade.
Em 1.976,falece em São Paulo Luigi Liscio,sendo homenageado com a denominação de uma rua em seu nome no Bairro do Sacomã,local onde sempre residiu após deixar a Vila Elvio.
No dia 04 de novembro de 1.998,falece Govido Liscio,tambem na cidade de São Paulo.
Das filhas não foi conseguido informações sobre suas residências
MATÉRIA PRIMA
Toda madeira era retirada na própria terra da Fazenda,apesar das dificuldades pela topografia acidentada e falta de estrada no sertão,eram usados bois em cangas que faziam o transporte de toras até a estrada,onde os jipões faziam a carga e levava até o pátio da serraria da industria Patente.Essas madeiras eram Jatobá,Óleo,Canela
Ipê,Cedro,Sassafrás,Embúia,Marfim,Grumixava,Peroba, Guatambu,Jacaranda,Angico,Gupuruvu,Alecrim,Cangerana

CARVÃO
Mario Tonarelli,chegou a ter 56 famílias trabalhando em fornos de carvão e tendo uma produção de 5 m il sacos por mês que eram vendido em São Paulo,para as metalúrgicas.Arlindo Pereira e João Alves de Campos(João Barbudo) eram as pessoas que faziam a derrubada de determinadas tipos de madeira que não eram usados na industria de camas e servia para os fornos de carvão.
João Barbudo que era curandeiro e sua esposa Aurea Luiza de Campos (Zita ) era parteira.Na época não existia médico específico para atender o nascimento de filhos,era comum o nascimento na mão de parteira,e Zita tinha muito trabalho na Fazenda nos Bairros visinhos e na Região.
João Barbudo que trabalhou em fornos de carvão,passou a trabalhar na conservação das estradas e sua esposa Zita foi trabalhar no bar e restaurante e hotel de propriedade de Tereza Samperim.
MÉDICO NA VILA ELVIO
Em 1.950 chegava para trabalhar na industria da Patente o médico Constantino Ruzzi,formado na Universidade de Medicina de Bolonha.Apesar de médico foi trabalhar no almoxarifado .Ao partir para o Brasil Constantino,deixou sua noiva Mirian Corsini em Pescara (Italia) que logo em seguida tambem veio ao Brasil e foi para Vila Elvio .
Em 1951 foi criado em Bruxelas o Comitê Intergovernamental para as Migrações Européias ( CIME) para incrementar o fluxo imigratório rio proveniente da Europa.Dentre os 29 paises participantes 15 eram latino-americanos que receberam 339 mil europeus,sendo 112 mil vieram para o Brasil.
 CONSULADO NA VILA ELVIO
Na época da colonização,Vila Elvio era muito bem visto pelo consulado da Italia,sendo que certa vês foi enviado para o Brasil(especificamente para Vila Elvio) o Vice Consul
Italiano,fazendo grandes elogios aos patrícios da Colônia Italiana,ficando hospedado na residência do Senhor Domenico Rossetto. 

ARVORE DOS CAÇADORES
A árvore grumixava produz uma fruta amarela,que serve de alimentação para muitos animais silvestres,que existia na época,Capivara,Paca,Veado,Anta,Porco do Mato,Nambu,
Tucano,Araponga,Jacu,Jacutinga,Corocoxó e tanta outras espécies que deixaram de existir.Na época das frutas,estas árvores eram o ponto de encontro dos caçadores,que montavam suas campanas para abater as espécies acima citada.

CAÇA AS COBRAS
Um fato curioso chamou atenção dos moradores da Fazenda,sendo que por diversas vezes foi encontrado animal morto por picada de cobras.Foi quando Felippo teve a infeliz idéia de premiar aos caçadores de cobra com 5,00
por cobra pega viva para ser enviada ao Instituto Butantã em São Paulo.Mais em pouco tempo foi suspensa a caça as cobras,devido o grande estoque no Butantã,não tendo mais local para tanta cobra.Para Felippo,tambem se tornou um negocio mais barato perder um animal que premiar o caçador de cobras.Com o tempo os moradores foram exterminando o animal peçonhento que existia na Fazenda.

MOEDA CORRENTE
Na época o dinheiro não circulava na Fazenda,a moeda corrente era pedaços de couro numerados,que os operários usavam para pagamento no empório,onde faziam suas compras.Esses pedaços de couro eram trocados na Industria de Cama Patente.

LOCALIZAÇÃO DA VILA ELVIO
A Vila Elvio,se localiza em um vale,e com o terreno aluvial,esta a 18 km do centro da cidade de Piedade,seu clima é frio,sua altitude chega a alcançar 1.300 metros.
Nessa altitude a encosta é coberta por neblina,que tem grande influencia na vegetação local.
Vila Elvio era altamente chuvoso e sempre teve uma garoa espessa. A atual modificação climática é notável,uma vez que foi derrubada a mata,e os raios solares refletidos dos solos desnudos dispensam as nuvens, e o clima ficou mais seco.

ÔNIBUS VILA ELVIO

Em 1.951,Jacob Hess,junto com seus filhos Artur e Edivaldo,iniciavam uma luta no ramo de transportes,com uma linha de ônibus de Piedade a Vila Elvio.Começaram com duas Jardineiras(ônibus da época),que alem dos passageiros,transportavam os produtos  que eram comprados ou vendidos na cidade ,sendo que o bagageiro ficava em cima do veiculo. A estrada era de terra, e os poucos recursos que a Prefeitura dispunha na manutenção,fazia com que os ônibus fizessem apenas uma viagem durante o dia ida e volta.

POLÍTICA

Em 1.968,Artur Hess,candidata-se a vereador e é eleito com a maior votação da história de Piedade,com um total de 710 votos,na época Piedade não tinha 6 mil eleitores cadastrados,também é eleito o primeiro representante da colônia japonesa em Piedade,na câmara municipal,Massahiko Yoshizako,popularmente conhecido por Mango,bastante conhecido no futebol piedadense por ser um grande jogador de bola.
Em 1.972,Artur Hess,se candidata a Prefeito contra o regime da política caseira,e vence seu adversário por uma diferença de 35 votos,sendo o seu adversário Antonio Corrêa da Silva.
Artur Hess,que morava na cidade,teve 3.335 votos,sendo que seu adversário,chegou a recorrer no supremo Tribunal Federal em Brasília,mais o Tribunal confirmou a vitória de Artur Hess, e Piedade passa a ter a melhor Administração da História,criando o Desenvolvimento em todo município, e o bairro da Vila Elvio passa a ter o segundo vereador na câmara municipal Antonio Laurindo,que foi eleito com 268 votos.
Em 1.982,novamente Artur Hess,se candidata a Prefeito e novamente  é eleito pelo Partido ARENA (aliança renovadora nacional),vencendo com 7.492 votos,seu adversário Bernardo Benedito Locheter(P.M.D.B.)que teve 4.699 votos e o terceiro candidato André Barbeiro(P.D.T.) com 31 votos.
Em 1.988,Vila Elvio continua com prestigio na política Piedadense e elege o vereador Heldo Sertori com 421 votos.Nesta 2º administração Artur foi premiado com 6 anos de mandato,fazendo inclusive uma Revista com todo seu trabalho prestado  em prol da população Piedadense com a frase”A VERDADE É O MELHOR DOS MALES,E DOS MALES O MELHOR DOS BENS”
Em 1.992,Artur Hess volta pela terceira vez como Prefeito de Piedade,com 9.991 votos,sendo a maior votação dada a um candidato a prefeito,vencendo os concorrentes Carioca que teve 5.540 votos pelo P.M.D.B. e Marilda Disaró Amado com 2.210 votos pelo P.T. , Com ele acontece um fato inédito na história da política Piedadense,seus filhos Carmem Hess e Artur Hess Junior,são eleitos a vereadores  Arturzinho teve 529 votos e a vereadora Carmen com 417 votos,sendo 2º colocado e 4º colocada na câmara municipal,sendo 11 vereadores na época.
Em 1.996,Vila Elvio continuou tendo seu representante na Câmara Municipal de vereadores,desta vez foi Gracilio Dias Tenório eleito com193 votos pelo P,D,T.,sendo que eram 15 vereadores na época.
Em 2.000, o bairro da Vila Elvio,tem 04 candidatos a representante na câmara não conseguindo eleger Paulo André Gomes (GUGA) que teve 253 votos pelo P.S.D.B.e Paulo Emilio Ruzzi (P.H.S.) que teve 218 votos e Gracilio Dias Tenorio (P.L.) com 140 votos,mais elege Takechi Watari (P.F.L.) com 444 votos, havia 17 vagas de vereadores.
Em 2.004, a Vila Elvio fica sem representante na câmara municipal,porque não consegue eleger o GUGA,que teve 449 votos pelo P.S.D.B.,
Sendo que houve redução de vereadores pelo T.R.E.com apenas 10 vagas e entrando  o vereador Cristovio com 380 votos ( P.T) morador no bairro da Vila Moraes
Em 2008,Marcão dos Soares PRB 409 votos,Néio PR 353 votos,Guga 248 PSDB votos,Messias PTB 126,Cristóvio PT. 124 votos e João Cobra  PDT.73
Embora a boa votação não conseguiram se eleger a vereador

ESTRADA ASFALTADA

Vila Elvio foi o primeiro bairro a ter uma estrada asfaltada,no município de Piedade,graças ao trabalho político do Prefeito Artur Hess,junto a Secretaria dos Transportes do Estado de São Paulo,sendo a sua inauguração em 1.976,fazendo da Vila Elvio o cartão de visita em nosso município.
Em 1.989, o prefeito Jose Tadeu de Resende,da a denominação na estrada asfaltada através do decreto Lei Nº1.891, “GIACOMO BASSI”homenagem ao ilustre industrial da Faixa Azul,como é atualmente conhecida a industria de moveis.
Em 13 de julho de 2.009 foi enviado oficio nº 308/2.009 de “Liberação de Recursos para Recapeamento” da estrada Giacomo Bassi com extensão de 11 kilometros,solicitação do Deputado Estadual EDMIR CHEDID

AGRICULTURA

Em 1953,o contrato do café entre o governo Italiano e o governo Brasileiro,não tinha dado certo para os imigrantes que vieram trabalhar no Brasil,precisamente na região de Ribeirão Preto.
Ao procurar o consulado Italiano para retornar ao pais de origem,foram informados que existia em Piedade,um representante da industria de camas patente,sendo ele Italiano e que necessitava de imigrantes para expandir na agricultura no bairro da Vila Elvio.
Vindo da Itália para o Brasil,o Capitão do Pelotão antiaéreo na 2ª Guerra Mundial Mario Suriani foi residir na Vila Elvio.Neste mesmo ano quinze famílias que estavam para retornar ao pais se transferiram para Piedade,as famílias Bortoline,Perazzi,Piccim,Tonarelli,Ruzzi,Bertine,Dalmolin,Tagliani,Bassi e Angeline,Codecco,Barbaresco,,foram para Vila Elvio, que se tornou a maior colônia Italiana no Estado de São Paulo.
Fillippo Lancieri,que era o Gerente Administrativo de cuidar dos colonos,que chegaram a ter uma quantia de 100 cabeças de gado e 30 mil frangos,alem dos produtos agrícolas diversificados que eram produzidas na Vila Elvio,tinha que passar pela Administração,para ser relacionada e encaixotada para ser transportado em caminhões da Industria,para o Ceasa de São Paulo.

FAIXA  AZUL

Em 1.964,por motivos de saúde e já com a idade avançada aos 82 anos,Luiz Liscio vendeu a Vila Elvio para o sr Giacomo Bassi,que continuou a desenvolver os trabalhos da industria,fazendo pequenas modificações na linha de movéis,incluindo cadeira,mesa,armário embutidos,móveis para escritório,ganhando exclusividade em 1.994,através de concorrência pública Estadual,para fabricar móveis para a Caixa Econômica Estadual “Nossa Caixa Nosso Banco”.
Em 1.975,com o falecimento do sr Giacomo Bassi,a Industria passou a ser administrada pela esposa Norma Janete Gomes,neste mesmo ano o Brasil começa a campanha da Ecologia na preservação das matas naturais.
Vila Elvio passa a ter 1.500 alqueires de mata natural,preservada pelo decreto do Governo do Estado de São Paulo,com a denominação de Parque Ecológico Jurupara.
Com este decreto as industrias de madeiras passa a ter seu momento econômico de dificuldade,pelo motivo de extração da madeira,sendo a Industria Faixa Azul a mais prejudicada,criando um desestimulo total de enfrentar a crise financeira,tendo de diminuir os gastos com o número de funcionários e manutenção das casas existentes,bem como toda a infra estrutura que foi construído no bairro da Vila Elvio.


IGREJA CATÓLICA

Em1947 no dia 23 de março,foi inaugurada a igreja de Santa Terezinha,padroeira da Vila Elvio,com missa de inauguração pelo padre Guilherme Hovel.Para ser construída a igreja foi nomeada uma comissão organizadora,sendo Mario Tonareli,.AH.Molfi,Avelino e a
Industria Patente
Todo 3º domingo de cada mês é realizada missa pelo Padre,sendo que a padroeira é comemorada no mês de outubro,com muita festa pelos moradores da vila e dos bairros visinhos.
Na época durante a quaresma havia grande rigor na guarda dos dias Santos,não podendo ouvir musicas ,pintar as unhas e jogar bola.

GRUTA

Também existe na Vila Elvio a 7 km,uma gruta onde por muitos anos foi explorado o turismo religioso,pela localização no meio da mata,havendo uma fonte de água sem poluição e tendo como padroeira Nossa Senhora de Lourdes.
Todo dia 12 de Outubro ainda é mantido a tradição de romaria a pé,saindo da Vila Elvio pela manhã,pelos romeiros que vai em busca de milagres e prece.ou de agradecer a Padroeira Nossa Senhora de Lourdes
Esta gruta também foi inaugurada pelo Padre Guilherme Hovel,sendo que era iluminada toda sua fonte e o caminho(hoje estrada) que vai a pousada Vale dos Eucaliptos e diversas chácaras de recreios e a usina hidroelétrica da própria Vila Elvio,que foi construído no rio  do Peixe.

SAÚDE

Em 1.965,Vila Elvio passou a contar com um Hospital Psiquiátrico”Vale das Hortência”,construído por um grupo de empresários médicos de Sorocaba.
Este hospital é para receber pacientes na recuperação de alcoolismo,drogados e doentes mentais de todo estado de São Paulo.
Em 1.994,foi construído um posto de atendimento básico de saúde ao lado da escola Mirian Ruzzi,este posto de saúde foi feito através de parceria com os moradores da Vila Elvio,sendo o sr Abílio Carlos Testaldi,principal colaborador na doação dos materiais da obra,sendo para atender os pacientes da Vila Elvio e dos bairros visinhos,  atualmente esta fechado e danificado toda estrutura.

EDUCAÇÃO

Se dependesse de Luiz Liscio,Vila Elvio teria uma Escola Agrícola,sendo que este era o seu objetivo,disse o sr Mario Tonarelli, que me forneceu todos os dados neste livro.
Mais a burocracia e a morosidade o fez desanimar de prosseguir sua luta na implantação desta Escola.
Mesmo assim o bairro teve a sua primeira Escola Mista,para educar os filhos dos funcionários e dos moradores próximo da Vila Elvio ,sendo construído pelo sr Liscio,local onde esta a “Pré Escola Casinha de Chocolate”.
Em 1.944,foi construído uma nova Escola pelo prefeito Benedito Ayres da Silva,sendo ampliada nos anos seguintes.
Em 13 de maio de 1.986,a Escola recebe a denominação”Miriam Corsini Ruzzi” através do decreto Lei nº5.108.que havia falecida em 1.978 na Vila Elvio.
Por ser moradora há muitos anos na Vila e ter prestado muito auxilio gratuitamente na escola,foi merecedora desta Gratidão Perpétua,sendo mantida pela Prefeitura Municipal de Piedade, na Diretoria Municipal de Ensino (municipalizada).
Em 1.992,através do Prefeito Jose Tadeu de Resende,voltou a ser noticiado interesse pela Escola de Agronomia,junto ao sr Reitor Aldo Vanucci, da UNISO(Universidade de Sorocaba),porem mais uma vez,foi encontrado dificuldades para levar adiante o projeto de implantação da Escola.

RECUPERAÇÃO DA FLORESTA
A mata original desapareceu a mais de 60 anos,e a pequena quantidade existente é porque tem difícil acesso até elas.Recentemente foi criado pela Lei de proteção Ambiental,que é obrigado a preservar a Mata Natural.
A imensa área desmatada ficou capoeira,em formação de mata secundaria,como Pau de Flor de segundo ou terceiro corte.
O Governo Estadual e Federal criou incentivo de recuperação das florestas com Eucálipitos,Bracating,Pinos
Palmitos e outras espécies que estavam em condições de serem retirados com o aval das Diretorias de Meio Ambiente dos Estados e Municipios
PERSONALIDADES
Da escola da Vila Elvio,vários alunos se deslocaram para outras cidades em busca de continuar seus estudos,destacando os atuais Artur Hess Junior,Diretor do setor da  Administração da Empresa Ecil,Carmem Lídia Hess dos Santos,funcionaria da Prefeitura de Piedade setor de Arrecadção,Mariza Mendes de Oliveira, advogada em Direitos Trabalhista e Civil,Luiza Carla Bassi,médica Pedreatria,Andréia Morales, Engenheira Química ,Marcos Antonio Tadeu de Andrade,Prefeito por três vezes na cidade de IperóS.P. Arnaldo de Andrade,vereador de Iperó por três vezes,Franco Tonarelli,engenheiro químico funcionário da Prefeitura da cidade de São Paulo no setor do Estádio Municipal do Pacaembu. e Paulo André Gomes (GUGA),que é formado em Administração,formado pela Faculdade Católica de São Paulo e Direito pela Faculdade de Itu e tantos outros que não consegui lembrar.
RIOS
Vila Elvio é o bairro mais rico em Águas flutuantes no município de Piedade,ali nascem os rios Sarapui,que da o nome da cidade de Sarapui e abastece as cidades de Capela do Alto e Tatuí,desaguando no rio Tiete. Também nasce o rio do Peixe que vai para o rio Ribeira de Iguape,sendo os únicos despoluídos em nosso município, de Esgoto e Agrotóxicos,mais os desmatamentos  e a agricultura já esta aproximando de suas margens,devido a população e os loteamentos irregulares que esta em grande escala nos bairros onde passa os rios.                                    FUTEBOL
A Vila Elvio,teve o futebol fundado em 1.946, sendo de grande importância para o bairro e os funcionários da cama patente,criado com o nome de ‘Associação Recreativa Faixa Azul”. Teve a gloria de conquistar os campeonatos municipal de Piedade nos anos de 1.956-57 e 58,sendo tri campeão. Os grandes nomes foram Azulão-Hercilio-Jorginho-Joãozinho-Odair-Miguelzinho-Lazinho-Cagibra-Mango- e o diretor técnico Caetano.
Trazendo sempre as cores da seleção da Itália,a Vila Elvio  mantém as tradições nas cores azul e branca.
No dia 02 de Fevereiro de 1.968,esteve jogando na Vila o veterano do Palmeiras,mais conhecido como Palestra Itália,na época,trazendo os maiores ídolos do clube,o goleiro Oberdan Catani e o zagueiro Valdemar Fiume, Francisco Sarno, Achiles.Com gols de Sarno e Achiles o Veterano Venceu a Vila Elvio  por 2 x 0
Atualmente o Vila Elvio,disputa a 2º divisão do campeonato municipal de Piedade.
Miguelzinho,foi campeão pela seleção de super veteranos de Piedade,em 1.995 na cidade de Votorantim,que reuniu varia equipes da região com atletas ex profissionais.
FESTAS
Se tudo esta ficando muito difícil,também as tradições das grandes festas nos áureos tempos,esta se perdendo. Vários fatores implicam ,desde a crise financeira,até os colaboradores que antes se prontificavam de trabalhar por puro prazer de apresentar a melhor festa em cada ano.
O dia das mães,que envolvia toda comunidade, festa junina e a festa natalina,sempre contava com o apoio de pessoas que mesmo não morando na Vila,tinha participação com brinquedos para as crianças carentes.
 VILA ELVIO ATUAL
Tudo mudou,seu passado é saudade para quem viveu seus melhores momentos,até o clima que antes era úmido e frio,hoje é seco e mais quente,já não chove como antes.
Sua população é flutuante,devido a quantidade de chácaras de recreio para fins de semana e pousadas que se instalaram,exemplo,Pousada Vale dos Eucaliptos,,Pesqueiro Fazenda Kiri,Fazenda do Banco,Fazenda Tucunduva e o futuro Ponto Turístico do Cícero,alem de Haras,Torre da Embratel,Ecoturismo,e a grande quantidade de loteamentos,que esta se instalando desordenadamente na região próxima da Vila Elvio .Tambem as trilhas de motos e jipeiros são as que mais encontra aos domingos e feriados na Vila Elvio.
Para escrever esta historia tive a colaboração do sr Mario Tonarelli,MiguelMorales,Arlindo,Pereira,Domenico Rossetto e Carlos Tonarelli, tendo apoio no livro Historia de Piedade,escrito pelo meu professor  de 3º ano,Antonio Leite Neto e um relatório que foi enviado pela Marina Ruzzi,trazendo todo levantamento e fotos da  cama patente e das arvores(madeira) que mais usava na fabricação dos moveis.Para completar este trabalho,fui ao encontro da aquisição do “Livro Rumo ao Porvir” escrito por Zoraide Martins e tem as entrevistas de vários moradores de família italiana,que residiram na Vila Elvio.

Mesmo faltando grande parte de sua história,por falha de minha pessoa ou falta de tempo,quero dizer que não esta
Totalmente concluído

Por falta de mais informações deixo de relatar a formação da Fazenda Perazzi,bem como seu proprietário e suas atividades que também fazia parte da Vila Elvio

Observação; não esta completa esta história,sendo que falta uma grande quantidade de moradores e familiares que não esta escrito.

 Manoel Julio da Costa

(15) 96.04.04.41

2 comentários:

  1. Lugar histórico, abandonado em ruínas .O hospital psiquiátrico que existe lá despeja esgoto direto no canal sem tratamento o cheiro é insuportável ,e nenhuma autoridade toma providencias .

    ResponderExcluir
  2. Uma grande pena a cidade está se acabando

    ResponderExcluir